24.8.09

(project365 - day 048)

(acho que a minha mãe vai esconder os marcadores cá de casa)


(janela da casa-de-banho)


(pff, nem vou dizer nada.)


(ana)




(este é aquele leite em que a publicidade é: leite fresco não é leite acabado de sair do frigorifico?)


(ana)


(ana)


(ana)


(ana)


(ana. ela sabe que é muito emo, e something something)


(ana)

(pac-man)

3 comentários

  1. muito obrigada, Martinha.
    eu eu já não sei que dizer sobre as tuas, que são sempre bonitas.

    :)

    ResponderEliminar
  2. Tento fingir que estou integrada na designação de emo superficial, com a ajuda do preto, das riscas, da franja e da melancolia. Sabe que comecei a aceitar melhor a minha pessoa de perfil com as suas pessoas? Ah pois é e não estou apenas a dizer isto pela graxa. Eu já desgosto de fotos pessoais mas desgostava ainda mais as de perfil, tinha que inventar poses para substituir essas. Ele precisa de cirurgia, o nariz, mas oh que coisa, há coisas piores no mundo (talvez as ancas e a celulite). A minha mãe continua com a dela, essa Marta apareceu do nada, nunca ouvi falar dessa Marta, agora só sais com a Marta (ela não tem má opinião de si mas vejamos que foi bastante repentino as nossas companhias de verão mas que já vinham sustentadas com grandes conversas. Admito que na primeira saída não relacionada com teatro, aquela com o Hugo e o parque fechado, fiquei na duvida de, eu quero falar com ela mas será que soará tão bem após tanto tempo confinadas aquela janela de MSN? As duvidas já lá vão, eram pequenitas e inofensivas, o típico, creio). Mas a companhia da Marta é ouro. Não é uma hipérbole, é mais uma metáfora um tanto rebuscada mas é assim que a quero. Podia dar muitos adjectivos e definições e descrições e usar palavras e palavras para a tardes em que tenho a honra da sua companhia mas não o farei a escolher o discurso bonito para aqui postar, virá aqui e além quando tiver que vir, e virá sem duvida, que muito há para dizer. É estranho sabes, noto o quão facilmente sai um tópico contigo e mesmo quando nos calamos, não me incomoda, nenhum da nós está a desesperar para que a outra diga algo, é mais como um recuperar de ar para mim (e muito eu falo, ainda me esqueço de respirar e sufoco). Nem perguntei, o leite era bom? Sim, porque há leites chocolatados e leites chocolatados, não são de todo todos iguais! E não tenho hábito de comer as bolachas que trouxe (não as tenho em casa) mas fui a gulosa que as engoliu quase todas hihi. E aquela unha fantástica e majestosa (cof cof) do dedo central da mão esquerda partiu hoje, mas de forma má e sangrou e tudo e dói! Careta, frustrada, indecisa, o certo, como já disse ontem, está uma foto de retrato muito bem capturada. Natural, a Marta, nada mais, nada menos. Fiquei indecisa com a foto dos 'marcadores'. Aquilo é no pé? Parece e deve ser, mas devido aos pormenores de roupa à volta, chegou-me a passar pela cabeça que era uma mão ou assim! (ps. nessa tarde tive uma ideia que agora vai ficar segredo, até um dia eu ter coragem de te dizer. não é mau, não morde, nem envolve pedir dinheiro, é simples e pequena mas quero guardar por agora)

    ResponderEliminar
  3. És tão fofinha martinha malmequer (nunca me vou esquecer deste nome)! E gosto muito das tuas fotografias, são fofas, são especias, são intímas, são - como referes - something something*
    E acho piada às tuas toupas, às unhas - que nunca conseguirei ter umas unhas como da ana -, e às sapatilhas do pac-man, ah ah! :)
    Miminho mar*

    ResponderEliminar

Copyright © mau olhado
Design by Fearne