23.7.10


«A morte é a mãe da beleza.» disse Henry.
«E o que é a beleza?»
«O Terror»
«Muito bem», disse Julian. «A beleza raramente é doce ou consoladora. Muito pelo contrário. A beleza genuína é sempre bastante alarmante.»
Eu olhei para Camilla, para o seu rosto radioso ao sol, e pensei naquela passagem da Ilíada de que tanto gosto, acerca de Minerva e do brilho terrível dos seus olhos. «E se a beleza é terror» disse Julian, «então, o que é o desejo? Nós pensamos que temos muitos desejos, mas na verdade temos apenas um. Qual será?»
«Viver», disse Camilla.
«Viver para sempre», disse Bunny, com o queixo anichado na palma da mão.
A história Secreta - Donna Tartt

2 comentários

Copyright © mau olhado
Design by Fearne