4.7.10

domingo de música


Já algum tempo que isto (isto do meu lastfm ter sido invadido apenas por uma banda) não acontecia, ok, desde dos dead man's bones que isto não acontecia. (outros que também são muito fofinhos). Andava eu a queixar-me que não ouvia nada de novo e estava cansada daqueles ritmos que apenas remetiam a minha memória para o Inverno, e como o meu próprio blog afirma, eu andava desesperadamente a precisar de mudar de ares, por isso, aqui temos estes sons novos, bonitos e viciantes (sempre acompanhados de alguma mensagem inteligente!).

Yeasayer é uma banda nova-iorquina que se associa a tendência psychfolk, o quarteto, formado por Anand Wilder, Chris Keating, Ira Wolf Tuton e Luke Fasano, usa como poucos instrumentos de percussão, coros épicos e viagens de ácido, com uma sonoridade bruta e ritualística. Porém, eles não usam apenas na intensidade criada pelas batucadas, por trás delas, há melodias envolventes e sintetizadores, texturas e ambiências; a grande reunião de sons inclui coros infantis, sussurros, suaves violões, generosas pitadas psicodélicas, tambores africanos, referências à música oriental e guitarras distorcidas. Em outubro, lançaram All Hour Cymbals, seu disco de estréia, pelo selo independente We Are Free, numa interessante aposta. Ao contrário do dilema hipster de Brooklyn, bairro de onde vêm a banda, suas letras são compostas por otimismo místico, com certa ingenuidade. Embarcam na globalização cultural e fazem do o folk psicodélico sua principal marca.

Em 8 de fevereiro de 2010, lançaram o incrível album “Odd Blood”. Seu primeiro single é “Ambling Alp”, lançado gratuitamente pela internet.


e são muito fofinhos, e desses dois álbuns maravilhosos que já lançaram apenas não simpatizo com duas músicas e acabei de descobrir que até gosto do inicio de uma delas, estás a ver o caminho que isto está a seguir?

ps: as músicas e os vídeos, irei postar ao longo das próximas semanas.

Copyright © gentesentada
Design by Fearne