8.8.10

closer, 2004









Sinceramente, pensei que ia gostar mais. Não me entendas mal, eu gostei, gostei muito, mas pensei que ia gostar ainda mais. A forma como esta gente ama e deixa de amar, dá-me uma sensação desconfortável de realidade na barriga, não gosto, ou talvez goste, mas esperamos sempre que os filmes nos mostrem o que queremos ver, certo? (Na verdade, a meio do filme ainda me perguntei o que raio eu queria que acontecesse e não sabia a resposta, por isso estou-me a queixar não sei bem do que). De qualquer maneira, eu gosto muito da Natalie Portman, gosto mesmo, e eu sei que a banda sonora é mais para o Damien Rice, mas eu gostei mais desta, sim? sim. - I fell in love with her, Alice. - Oh, as if you had no choice? There's a moment, there's always a moment, "I can do this, I can give into this, or I can resist it", and I don't know when your moment was, but I bet you there was one.

3 comentários

  1. Martinha (tenho uma certa tendência para chamar "Martinha" a quem se chama Marta, não leves a mal :P) vou embora de férias :) e achei que era bonito despedir-me de ti :D
    Vou ter saudades do teu cantinho *.*

    Até um dia destes *

    ResponderEliminar
  2. gostei muito, sim, mas também pensei que ia gostar mais. contudo, não deixa de ser um filme bonito.

    ResponderEliminar
  3. o Closer. gosto pelo murro no estômago que me dá de todas as vezes que o vejo. gosto por também achar desconfortável este amar-desamar que parece tão instantâneo (e tão comum). gosto pela Natalie, claro, mas também pelo Clive Owen. :P e sei demasiados diálogos de cor.

    ResponderEliminar

Copyright © mau olhado
Design by Fearne