11.8.15

o jantar de despedida

Acho que já falei aqui o suficiente da vida da minha irmã para perceberem que está em mudanças, como tal, organizou um jantar de despedida. O sítio era bastante bonitinho, com comida boa e pessoas simpáticas. O Luís diz que é sempre preciso ter as duas últimas para ser um bom restaurante. Fui reconhecida - facilmente - como irmã da minha irmã, aquela que há tempos tinha o cabelo cor-de-rosa e que tinha agora mudado para uma cor sem nome (que pareceu ser do agrado de mais pessoas). Foi bom estar presente numa despedida tão bonitinha à minha irmã, e claro, acho que na altura da despedida a balança pesa mais para o lado das coisas boas, o que é uma óptima maneira de viver, senão nos impedir de seguir em frente e viver o presente. De qualquer maneira, foi bom ver aquelas pessoas a gostarem muito de alguém de quem eu gosto muito também.

Enviar um comentário

Copyright © isto já não vai lá com chás
Design by Fearne