12.8.16

à mesinha de cabeceira

Oito dias são pouco tempo na vida de uma pessoa, mas nascer é só um dia e morrer também. Há alguns maiores e outros que nada importam, há semanas grandes como anos e horas infinitas, o tempo de uma vida é descontínuo e assimétrico. debaixo de alguém céu, nuno camarneiro (pág. 14)

Enviar um comentário

Copyright © isto já não vai lá com chás
Design by Fearne