31.12.16

um brinde a dois mil e dezasseis



dois mil e dezasseis foi um ano diferente. o ano que começou com um desafio que viria a alterar o percurso e os planos que todos tínhamos traçado. não vou dizer que foi um ano fácil ou um ano díficil. foi como foi. teve os seus momentos mágicos e os seus momentos de cortar a respiração. o que é certo é que tinha como vontade viver a vida da forma mais bonita possível e isso não me foi negado. rodeei-me de cores bonitas, sítios bonitos e pessoas a combinar. não deixou de ser um ano recheado de boas memórias, brincadeiras, boa comida, cantorias, piquenines e passeios. para o próximo ano apenas peço sabedoria para não esquecer as lições aprendidas e alguma calma para as poder colocar em prática. de resto, seja tudo como foi até aqui. mais coração que razão, mais branco que preto, mas riso que lágrima. 

2 comentários

Copyright © mau olhado
Design by Fearne