15.8.17

tudo dá certo

Sem título

achei que ias estar à minha espera. convenci-me durante as três horas de viagem que ias estar à minha espera. aliás, estou a mentir, essa ideia surgiu-me quase uma semana antes do meu regresso a casa, antes do meu regresso às nossas ruas, aos nossos espaços e aos nossos cafés. imaginei-te ali, para me ajudares com as malas, simples assim. um sorriso maroto e o cabelo apanhado (como se de uma qualquer metamorfose se tratasse, agora imagino-te de cabelo apanhado). sabendo disso, que acreditava que irias estar à minha espera, até fiz questão de esconder quando ia regressar (nesta altura das partilhas quase se tornou impossível e quase cedi a deixar-te uma pista). mas acreditando que estarias lá, não sabia como fazer. não suporto a ideia de alguém à minha espera, à minha espera enquanto ainda não resolvi a questão da bagagem que trago comigo. tu sabes, bagagem sempre foi um dos meus, nossos, problemas, lembraste? afinal, que iria eu estender-te quando dissesses que me ajudavas com as malas?

Enviar um comentário

Copyright © gentesentada
Design by Fearne