13.8.10

No dia em que te zangaste comigo, tinha uma pequena prenda para ti, agora vê, não sei que raio fazer com aquilo. Não posso a dar a mais ninguém, porque quando a comprei, comprei para ti, e quando fizermos as pazes, também sei que não a vou querer dar a ti. Seja qual for o resultado, aquilo vai ficar por aí, a ganhar pó. Mas ainda assim quem fica a perder és tu, porque nem sequer vais saber que um dia tive algo para ti. Aposto que terias gostado do gesto.
Copyright © gentesentada
Design by Fearne