31.1.16

dois mil e dezasseis está a mostrar-se um ano difícil. faço figas para que tudo comece a correr pelo melhor e se soubesse rezar, fazia-o pelos meus. preciso de uns pozinhos mágicos para aguentar os próximos tempos. mas ainda assim, este ano eu já vi o mar. tomei um café com a m. visitei a serra da estrela. almocei à beira mar. jantei com o p., senti o frio da neve nas mãos e disse e ouvi gosto muito de ti. eram coisas improváveis e aconteceram. em letras pequeninas, ainda espero que tudo passe sem fazer estragos.
Copyright © gentesentada
Design by Fearne