9.2.18

Joanne Harris | À mesinha de cabeceira

à mesinha de cabeceira | joanne harris à mesinha de cabeceira | joanne harris

Toda  gente que me conhece sabe que tenho cá em casa um cantinho especial para os livros da Joanne Harris. Digo especial porque são dos poucos livros que não tento vender para comprar outros livros, são daqueles que irei levar para aquela-casa-que-vai-ter-uma-mini-biblioteca. Gosto de ter os seus romances por perto para aquelas alturas em que a vida se enche desamor e nada como uma história cheia de magia e comida para afastar as mágoas. Foi também por essa razão que escolhi para meu primeiro livro de fantasia, o primeiro livro de fantasia de Joanne Harris!
Tanto quanto eu conseguia ver, o amor tornava as pessoas fracas e enfadonhas. Balder, que a julgar por esses critérios devia estar constantemente apaixonado, disse-me, com expressão de pena, que era uma das grandes alegrias da vida. Presumi que ele nunca tinha sentido as alegrias da vingança, de um ménage à trois ou das tartes de compota de Sygyn. //  O reino do Fogo - Joanne Harris
Copyright © gentesentada
Design by Fearne