2.6.18

a Fórmula da Felicidade

fórmula da felicidade
fórmula da felicidade

    Ok, menti. Título sensacionalista para ter mais cliques e visitas! * you know me *

   A verdade é que não acredito que haja uma fórmula mágica para atingir a felicidade mas nos últimos dias tenho tentado sê-lo com pequenas mudanças práticas no meu dia-a-dia. Exemplo um: se tiver que ir de um sítio para o outro aproveito para observar como o portão da vizinha combina com as suas flores e como isso me lembra aquela música da capicua. Exemplo dois: beber galões em todos os dias de frio e molhar os pés em todos os rios que se cruzam no meu caminho. Exemplo três: criar to do lists diárias, semanais ou mensais (ou todas de uma vez!) mas realistas. A mim algo me que me deixa feliz é chegar ao final do dia e saber que fiz muito do que queria (ou até tudo), mas para isso é preciso ser esperto na hora de as criar. Não sejamos demasiado exigentes, que tenhamos sempre a capacidade de conhecer os nossos limites e é essencial não esquecer as horas para ler livros.
   Depois disso, a felicidade resulta melhor que café. Acredita. Quando acordar às cinco da manhã é sinal de produtividade e não de insónias é porque algo de bom está acontecer na vida. Estou a viver. Aqui no presente, para o presente, com vontade do presente.

fórmula da felicidade

   Não há um caminho mágico para a felicidade. São vários momentos. Pequenas decisões. Equilibrar a oportunidade e estar atento ao que importa. O calor da tua mão na minha, o vento na pele quando me sento no banco no jardim para ler e as flores da vizinha. E o que me deixa mais feliz no meio disto tudo é que já nada disto é da boca para fora. Tenho mesmo parado e pensado: bolas, olha que bem que cheira este chá.
“Claro que, além do facto óbvio de as nossas emoções serem maravilhosamente caleidoscópicas, seria mais verdadeiro dizer que os artistas trabalham melhor num estado feliz. O desespero existencial e a agonia física de Schopenhauer só eram aliviados no momento da escrita. Nunca saberemos se ele se sentia subitamente feliz e então escrevia, ou se começava a escrever e então se sentia subitamente feliz.” Embalando a minha biblioteca - Alberto Menguel pág. 42

fórmula da felicidade
fórmula da felicidade

2 comentários

  1. Há mesmo que aproveitar cada coisa na vida. Confesso que To Do Lists não funcionam bem na minha rotina – e tenho cada vez mais, mais tarefas a terminar e desenvolver. Há que aprimorar esta parte. Beijinhos 😘

    www.bycarolina.pt

    ResponderEliminar

be kind.

Copyright © gentesentada
Design by Fearne