29.1.19

janeiro.

auto-retrato janeiro
1/12 auto-retratos, 2019

Pela primeira vez, em muito tempo, a ideia de não saber onde vou estar daqui a cinco (um) anos não me preocupa. Estou a fazer planos, delinear tarefas, traçar metas e pelo meio disso sinto-me bem. Ainda não tenho respostas para te dar quanto ao meu futuro. Acredito que nunca terei. Mas o que for, eu estarei pronta. Se não for exactamente como queria, saberei como dar a volta por cima para tirar o máximo proveito. Chegarei à Nova Zelândia, trabalharei aqui ou ali, terei uma casa assim e um estilo de vida ainda melhor, talvez até comece a comer melhor. Ou talvez não, provavelmente não. Mas é um daqueles casos em que importa mais a viagem que o destino. Estou curiosa quanto ao futuro, o que será janeiro de 2020. Bolas! O que será fevereiro de 2019. Mas é isso, curiosa. Deixei a ansiedade de lado, não tenho pressa, também estou bem aqui, no agora, e quero criar as memórias mais bonitas. A única certeza que tenho é que quando olhar para trás quero ter saudades, pois ter saudades é a prova mais sincera de que valeu a pena viver!

15.1.19

136 dias restantes

josepedropintojosepedropinto
fotografias @_josepedropinto_

encerro e recomeço mini-ciclos, faço repetidos rituais de passagem de ano-mês-semana-dia. entro em restaurantes que não conheço por vontade e sem hesitar, compro bilhetes para espectáculos, arrumo todas as caixas antes de partir, aceito chocolates que divido e aceito que às vezes estou triste também. trago tangerinas nos bolsos dos casacos. dou a mão sabendo que terei saudades, até aperto com mais força, à lembrança de que terei saudades. deixo-me fotografar, mas não tenho fotografado tanto. a convite invado parques infantis, caminho de um lado ao outro em passo mais-e-menos acelerado, vou lanchar ao café e dar um oi. acordo cedo e acordo muitas vezes de sonhos contigo. não cedo e não me contento com pouco. habituei-me a estar só na minha companhia. faço muitos planos mas aceito com um sorriso a instabilidade que a vida me dá. faço novos planos. começo e recomeço. vou até ali ao lado, faço perguntas a estranhos e fico triste-até-lágrimas-caírem quando falo de ti. ofereço livros da minha biblioteca pessoal. sinto sol da uma a queimar-me a pele, o frio da dez a gelar-me os ossos. sinto-me pequena na imensidão de uma paisagem que se faz sentir mais arrojada e grata que o meu abraço tenha o poder de ajudar. prometo ligar e ligo. prometo ir e vou. admiro caligrafias, designs e ideias. bebo chá, água, galões e café. tudo em grandes quantidades. episódio atrás de episodio, série atrás de série. muita música, em português, com direito a danças pela casa e umas quantas gargalhadas. lápis de cor na rotina, chamo-lhes terapia. declaro que a Nova Zelândia virá a ser casa, mas que Lisboa tem o meu coração. ou és tu que tens o meu coração? tremo, que a resposta eu ainda não sei.
Todo o mundo sabe que eu gosto de você. Todo o mundo sabe, todo o mundo disfarça e ninguém mais vê. Eu digo la larara mas isso é jogo de amor. Que começa bonito, depois vira aquele filme de terror. / Café com Pão de Maglore

14.1.19

Um Lugar | Gala de Natal Coro Contigo

Já se tornou uma tradição de Natal assitir e fotografar a gala de natal do coro contigo. Deixo aqui um cheirinho e espero ver-vos por lá no próximo concerto. Vale a pena! 

CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATALCORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
CORO CONTIGO | ESPECTACULO DE NATAL
Copyright © gentesentada
Design by Fearne